Política

“Não há nenhum fundamento”, diz Dr. Pessoa sobre processo de Kleber

O candidato do PSDB, Kleber Montezuma entrou com pedido de cassação por perfis falsos, contra o candidato a prefeito do MDB.
15/10/2020 14h02 - atualizado

O candidato a prefeito de Teresina pelo MDB, Dr. Pessoa, se manifestou, por meio da assessoria de campanha, sobre o pedido de cassação por perfis falsos, ingressada pela coligação do também candidato Kleber Montezuma (PSDB) e afirma que não há nenhum fundamento para acionar a Justiça.

Nessa quarta-feira (14), a coligação “Povo Faz Acontecer” ingressou com uma ação judicial eleitoral contra a candidatura de Dr. Pessoa apontando a utilização de perfis falsos no período de campanha eleitoral e práticas abusivas pela coligação formadas pelos partidos MDB, PSB e PRTB. Na ação, é solicitado ainda a cassação do registro de candidaturas.

  • Foto: Montagem/ ViagoraCandidatos Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB)Candidatos Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB)

Com base na ação, a coligação de Kleber Montezuma afirma que Dr. Pessoa possui quatro contras em redes sociais oficialmente cadastradas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI), entretanto, há outras contas e perfis não oficiais no nome de “José Pessoa Leal”.

“A constatação final é a de que os investigados mantêm uma rede de perfis fakes não identificados, os quais assumem a tarefa de desconstruir o adversário. Ele usa de terceiros não identificados como tropa de choque para bater em seus adversários, enquanto ocupa os canais oficiais apenas com as notícias positivas”, diz um trecho da ação.

Por meio de nota, a assessoria de campanha de Dr. Pessoa, que tem como vice Robert Rios, afirma que não há nenhum fundamento jurídico para que a Justiça seja acionada, e ressalta que as providencias serão tomadas com base na Lei n° 13.834, que discorre sobre o crime de denúncia caluniosa com fins eleitorais.

Ainda segundo o esclarecimento, a assessoria afirma que pelo fato de Dr. Pessoa está em primeiro lugar nas pesquisas, o candidato vem sendo alvo de difamação e fake News contra a honra e dignidade, e ressalta que a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Estadual e a Justiça Eleitoral já foram informados.

Confira a nota:

Nota da assessoria Jurídica do Dr. Pessoa

Com relação a ação judicial movida pela Coligação o “Povo Faz Acontecer” contra a Chapa do Doutor Pessoa, esclarecemos que não há nenhum fundamento jurídico para prosperar e que iremos nos manifestar oportunamente à Justiça.

Para evitar ações desta natureza, foi aprovada, no ano passado, a Lei nº 13.834, que tipifica o crime de denunciação caluniosa com fins eleitorais. As providências serão tomadas para impedir que o Poder Judiciário seja utilizado com fins meramente eleitoreiros.

Ocorre que, por estar em primeiro lugar nas pesquisas, o candidato Dr. Pessoa vem sendo vítima de pesada e injusta campanha de difamação e fake news, que atentam contra a sua honra e dignidade, o que já foi informado à Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual e Justiça Eleitoral para que se possa punir os envolvidos.

CAMPANHA DOUTOR PESSOA

“Coligação Pra Cuidar da Nossa Gente”

Mais na Web