Política

“Não resolve nem ameniza o caos”, diz Ismael Silva sobre lockdown

Conforme Ismael, o requerimento é de autoria dos vereadores Joaquim Caldas e Enzo Samuel, que sugeriram a medida em regime de urgência.
22/03/2021 07h02 - atualizado

Na última quarta-feira (17), o vereador Ismael Silva (PSD) participou de uma sessão ordinária na Câmara Municipal de Teresina via sistema remoto, na qual foi discutido e aprovado um requerimento solicitando a decretação de lockdown por 12 dias na capital.

Conforme Ismael, o requerimento é de autoria dos vereadores Joaquim Caldas (MDB) e Enzo Samuel (PDT), que sugeriram a medida em regime de urgência.

Apesar de estar presente na sessão, o parlamentar não pode participar da votação, mas afirmou ser contra a medida: “Infelizmente, no momento da votação não consegui participar, mas se tivesse conseguido, teria sido contrário ao requerimento proposto!”, destacou.

O requerimento foi aprovado com 16 votos a favor, e seguiu para para o gabinete do Dr. Pessoa (MDB), para que o prefeito avaliasse se acata ou não o pedido.

Para Ismael Silva, o lockdown apenas retarda os prejuízos para a economia e saúde. O vereador ressaltou que espera que o prefeito Dr. Pessoa não siga o requerimento.

“Nesse momento, o principal trabalho é o de conscientização da população e o de fiscalização. Lockdown por 12 dias não resolve nem ameniza o caos que já está instalado na nossa saúde e na nossa economia - apenas posterga os prejuízos para após esse período sugerido”, destacou o parlamentar.

Mais na Web