Política

"O ideal seria o consenso", diz Wilson Brandão sobre vaga no TCE

Segundo o parlamentar, o ideal seria um entendimento entre os nomes dos deputados que disputam o cargo.
29/07/2021 09h50 - atualizado

O deputado e secretário de Mineração Wilson Brandão (Progressistas), que é um dos aspirantes à vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), falou sobre a vacância.

Para o parlamentar, a disputa pela vaga no TCE, deixada pelo conselheiro Luciano Nunes, é uma “corrida de resistência”, ressaltando que está disposto a ir até o fim.

“É uma corrida de resistência, então vamos aguardar os acontecimentos futuros. Continuo até o fim. Sou magro, então tenho resistência para ir até o fim”, comenta o deputado.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraWilson BrandãoWilson Brandão (Progressistas)

Segundo Wilson Brandão, o ideal seria um consenso entre os nomes dos deputados que disputam a vaga, mas que isso não é uma decisão fácil.

O secretário afirma ainda que tem conversado com Wellington Dias (PT) sobre o assunto, e que o governador prefere deixar os candidatos à vaga livres para buscar um entendimento.

“O ideal seria o consenso, mas não é fácil. Estou conversando com todos os colegas deputados que irão votar, já conversei com o govenador várias vezes sobre isso também e ele deixou todos nós muito à vontade sobre isso para a gente buscar o entendimento”, disse Wilson Brandão.

Além do secretário, disputam a vaga do TCE os seguintes deputados: Zé Santana (MDB), Flora Izabel (PT), Franzé (PT), Ziza Carvalho (PT) e Flávio Nogueira Júnior (PDT).

Mais na Web