Política

“O PT está se organizando para eleições 2022”, diz Cícero Magalhães

De acordo com o deputado estadual, também deve haver uma regra para o PT aceitar novas filiações.
14/06/2021 19h21 - atualizado

O deputado Cícero Magalhães (PT) falou ao Viagorasobre a possibilidade de filiação da deputada Elisângela Moura (PCdoB) ao Partido dos Trabalhadores e de regras para a sigla realizar novas filiações, dentre outros assuntos.

Questionado sobre uma possível ida de Elisângela Moura e Oliveira Neto (Cidadania) ao Partido dos Trabalhadores, Magalhães destaca que os deputados já fazem parte da base do governo, mas que essa é uma decisão deles.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraDeputado Cícero MagalhãesDeputado Cícero Magalhães

“Eles fazem parte da base do governo, e a deputada Elisângela está em um partido que sempre foi aliado Partido dos Trabalhadores, mas essa é uma decisão pessoal deles, não do PT”, comenta o deputado.

De acordo com o deputado Magalhães, deve haver uma regra para o PT aceitar novas filiações. Segundo ele, o ideal seria aceitar candidatos que obtivera aproximadamente 18 mil votos nas últimas eleições. O deputado ressalta ainda que o PT está se organizando para lançar seus próprios candidatos em 2022.

“Mas se depender do deputado Magalhães nós temos que ter uma regra. Na minha opinião, qual é a regra? O companheiro Paulo Martins foi eleito com aproximadamente 18 mil votos, eu acho que seria o teto máximo para poder entrar. Até porque eu também não sou daqueles que defende esvaziar nenhum partido, se tá na base, então que eles permaneçam nos seus partidos e a gente vai pra luta. O PT tá se organizando pra ter candidatos em 2022, se for só 30 candidatos, o PT terá os seus 30 candidatos. Se for os 40, que tenha os 40”, explica Magalhães.

Mais na Web