Polícia

Operação da PF combate fraudes no auxilio emergencial no Piauí

Segundo informações da Polícia Federal, estão sendo cumpridos 43 mandados de busca e apreensão contra fraudes no auxílio emergencial.
10/12/2020 09h28 - atualizado

Nesta quinta-feira (10), a Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação “Segunda Parcela” com o objetivo de cumprir 43 mandados de busca e apreensão contra suspeitos de fraude no auxílio emergência no Piauí e em mais 13 estados do Piauí.

De acordo com a Polícia Federal, a operação está sendo realizada no Piauí, Maranhão, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Paraíba, Espírito Santo, Bahia, Tocantins, Minas Gerais, Paraná, Goiás, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

Segundo a PF, foi determinado o bloqueio no valor até R$ 650 mil em contas de pessoas que teriam recebido o auxílio emergencial de forma irregular. Foram cancelados cadastros de mais de 3,82 milhões de pedidos do benefício.

A Polícia Federal informou que mais de 150 agentes cumprem 42 mandados de apreensão, e sete ordens de prisão e 13 mandados de sequestro de bens em 14 estados.  

A “Operação Segunda Parcela” está sendo realizada em parceria com o Ministério Público Federal (MPF), Ministério da Cidadania (MCid), com a Caixa Econômica, Receita Federal, Tribunal de Contas da União (TCU), e a Controladoria-Geral da União (CGU).

Mais na Web