Polícia

Operação Integração da Polícia Federal prende empresário em Timon

A operação foi deflagrada nas primeiras horas da manhã de hoje, pela Polícia Federal em parceria com a Divisão Estadual de Narcóticos de Timon (Denarc)
09/09/2020 12h13 - atualizado

O empresário Waldiston dos Santos Oliveira foi preso em flagrante pela Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (9) na cidade de Timon, durante a  Operação Integração. Ele é dono de uma revendedora de veículos que fica na Avenida Barão de Gurgueia, zona sul de Teresina.

A Operação Integração foi deflagrada nas primeiras horas da manhã de hoje, pela Polícia Federal em parceria com a Divisão Estadual de Narcóticos de Timon (Denarc) e com o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) do Ministério Público do Estado do Maranhão. O empresário foi preso na casa da mãe, suplente de uma vereadora de Timon, que não teve o nome revelado.

De acordo com informações da Polícia Federal, o objetivo da ação é cumprir sete mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Waldiston dos Santos, nas cidades de Timon e Teresina. O empresário é suspeito de protocolar documentos falsos na Polícia Federal com a intenção de obter porte de uma arma de fogo.

  • Foto: Alef Leão/ GP1Empresário é preso pela Polícia Federal por falsificação de documentos para obter arma de fogoEmpresário é preso pela Polícia Federal por falsificação de documentos para obter arma de fogo

A PF informou ainda que a investigação teve início após Waldiston ter inserido declaração falsa em documento público, falsificado documentos e utilizado para dar início ao processo de aquisição de arma de fogo. O empresário escondeu que tem condenação por tráfico de drogas no Maranhão, fato que o impede de adquirir arma de forma legal.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web