Polícia

Operação prende oito PMs suspeitos de fraudar concurso no Piauí

Segundo a polícia civil, os militares ingressaram no concurso público do ano 2014 através de fraudes.
13/08/2019 09h13 - atualizado

A Polícia Civil do Estado do Piauí, atuando pela Delegacia de Combate à Corrupção – DECCOR –, deflagrou na manhã desta terça-feira (13), a Operação Fraudulenti.

De acordo com informações da DECCOR, oito policiais militares foram presos durante a Operação. Dois deles foram presos no quartel da PM, na cidade de Simões, no interior do Estado.                   

Segundo a polícia, o objetivo da operação é dar cumprimento a nove mandados de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da 1° Vara Criminal da Comarca de Teresina. Dos alvos, oito são policiais militares que, através das investigações, ingressaram no concurso público da Policia Militar do ano 2014 através de fraudes.

Participam da operação 30 policiais civis, com o apoio da Polícia Militar. Os presos são acusados de fraude à certame de interesse público, furto e associação criminosa.

  

Mais na Web