Piauí

Ordem de serviço para obras na PI-392 será assinada nesta sexta

Segundo o diretor-geral do IDEPI, o valor da obra está orçado em R$ 19.488.581,34 milhões, recursos oriundos do tesouro estadual, através do PROPiauí.
19/02/2021 15h11 - atualizado

O Secretário de Fazenda e Coordenador do PROPiauí, Rafael Fonteles, e o diretor-geral do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (IDEPI), Leonardo Sobral, assinarão, nesta sexta-feira (19), uma ordem de serviço para o início do segundo trecho da rodovia PI-392, considerada uma das mais importantes para o escoamento da produção de grãos do estado.

A assinatura do documento será durante a abertura da colheita da soja no Piauí safra 2020/2021, evento que acontecerá no município de Baixa Grande do Ribeiro.

A PI-392, também conhecida como rodovia da soja, tem 272 km de extensão e liga o município de Ribeiro Gonçalves (divisa com o Maranhão) a Bom Jesus, passando pelos municípios de Baixa Grande do Ribeiro, Serra Uruçuí, Serra das Laranjeiras (Entroncamento com a Rodovia Transcerrados PI-397) e Currais.

Segundo o PROPiauí, a rodovia é umas das obras prioritárias do governo, sendo pauta importante de vários encontros entre o Governo do Estado e os produtores da região, representados pela Associação dos Produtores de Soja do Estado do Piauí (APROSOJA – PI), entidade de classe que congrega os produtores de soja e outras culturas.

De acordo com Leonardo Sobral, o valor da obra está orçado em R$ 19.488.581,34 milhões, recursos oriundos do tesouro estadual, através do PROPiauí.

Mais na Web