Política

"Os relatórios da CPI estão sendo concluídos", diz Renato Berger

De acordo com o vereador, o sistema de bilhetagem nas mãos das empresas não é a melhor opção para o transporte público.
15/08/2021 07h48 - atualizado

O líder da prefeitura na Câmara Municipal de Teresina, vereador Renato Berger (PSD), falou ao Viagora sobre a crise do transporte coletivo na capital e o que espera com o final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte Público.

De acordo com o vereador, com a data para a entrega do relatório final da CPI se aproximando, ele espera que a prefeitura possa retornar ao comando do sistema de bilhetagem dos coletivos.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraVereador Renato BergerVereador Renato Berger

“Os relatórios estão sendo concluídos, vai se definir na questão da comissão e em seguida vai ao plenário, alguma coisa pode ter certeza que vai ter. O que a gente espera é que seja uma CPI que faça um levantamento daquilo que tá errado e que proponha que se acerte e que faça pelo menos com que a bilhetagem retorne para o comando da prefeitura que é o maio problema que a gente enfrenta hoje”, pontuou.

Renato Berger explica que o sistema de bilhetagem nas mãos das empresas não é a melhor opção, mas caso volte para a prefeitura, ela poderá ter maior responsabilidade sobre o transporte público.

“Porque não há controle. Hoje em dia as empresas dizem o que produz e ela mesma fiscaliza e não tá certo. O que nós queremos é que a prefeitura tenha o controle disso, porque se a prefeitura tem o controle, ela tem a responsabilidade ainda maior do transporte público”, destacou

Mais na Web