Polícia

Pai e madrasta são presos por matar e esconder corpo de criança

De acordo com a SSP-AM, o casal teria confessado que após agredir o menino de apenas três anos, o enterraram no quintal da casa.
  • DA REDAÇÃO
20/01/2020 14h00 - atualizado

No último domingo (19), um casal foi preso em flagrante suspeitos de matar e esconder o corpo de uma criança de três anos no município de Nova Olinda do Norte, no interior do estado do Amazonas.

De acordo com informações da polícia, o homem de 21 anos, e a mulher de 24 anos, são pai e madrasta da criança identificada como Luiz Henrique da Silva, de apenas três anos. Segundo informações da avó materna do menino, Rosinete Monteiro, ela teria entregue a criança no dia 12 de outubro para a avó paterna para comprar um presente.

  • Foto: Arquivo pessoalLuiz Henrique da Silva, de três anos, foi morto e enterrado no quintal da casaLuiz Henrique da Silva, de três anos, foi morto e enterrado no quintal da casa

Ainda de acordo com Rosinete, a avó paterna teria entregue Luiz Henrique para o pai, sem autorização de Rosinete e da mãe da criança. O homem de 21 anos disse que levaria o menino de volta no dia 8 de novembro, e não apareceu com a criança. Segundo Rosinete, desde de então o menino passou a morar com a madrasta e o pai em Nova Olinda, e não soube mais notícias de Luiz Henrique.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), a polícia ficou sabendo do caso por meio de agentes de saúde, que perceberam que o casal apresentou versões diferentes sobre o paradeiro do menino. Após investigação, uma equipe da 47º Delegacia Interativa de Polícia (DIP) encontrou o corpo da criança de três anos enterrado no quintal da casa. De acordo com a SSP-AM, o casal teria confessado que após agredir a criança, a enterraram no local.

O pai e a madrasta foram presos em flagrantes, e a polícia acredita que o crime pode ter acontecido na última quarta-feira (15). O casal foi transferido para uma unidade prisional em outro município.

Mais na Web