Piauí

Passageiros oram após pânico em aterrissagem de avião em Teresina

O piloto do avião teria avisado que faria uma descida de emergência sem dar muitas informações, causando apreensão e pânico por parte dos passageiros.
06/09/2019 13h00 - atualizado

Na noite dessa quinta-feira, 5 de setembro, passageiros de um voo entre Brasília e Teresina passaram por um momento de tensão, quando foi iniciado o procedimento de descida da aeronave já na capital piauiense.

De acordo com o relato de um passageiro do avião nas redes sociais, o piloto teria avisado que faria uma descida de emergência e não deu mais informações.

“Um voo maluco, faltando uns 30 a 40 minutos para chegar a Teresina, o piloto anunciou descida de emergência e pronto. Aí foi correria dentro desse avião, a comissária sentando e todo mundo doido sem saber o que foi e o avião baixando, baixando, um aperreio danado. Pessoal chorando, sem saber o que estava acontecendo”, disse o passageiro.

Os passageiros teriam ficado apreensivos com o que estava acontecendo e começaram a fazer orações.

Depois de conseguir aterrissar a aeronave em segurança, o piloto pediu desculpas aos passageiros por não ter dado informações e disse ter havido uma falha na comunicação e pela “carga elevada de trabalha”. Ele informou que houve uma despressurização na cabine, que é quando ocorre um vazamento em uma janela ou porta. Por conta disso, pode haver dificuldades de manter o avião na altura inicial e pode acarretar em problemas de saúde para os passageiros, como respiração dificultosa, delírios, desmaios e perda dos sentidos.

Nota de esclarecimento

A empresa responsável pelo avião, LATAM Airlines Brasil, informou que não houve emergência no voo LA 3292 e que foi apenas realizado o procedimento padrão.

Confira a nota da empresa na íntegra:

A LATAM Airlines Brasil informa que não houve emergência no voo LA3292 (Brasília-Teresina) desta quinta-feira (5). A companhia apenas realizou procedimento de descida da aeronave em virtude de indicação de despressurização da cabine. O procedimento é padrão para esse tipo de caso.

A LATAM reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

Mais na Web