Polícia

PF de Parnaíba prende suspeito de usar App para pornografia infantil

De acordo com informações da Polícia Federal, a prisão aconteceu nesta quinta-feira (4), em Camocim.
04/11/2021 19h39 - atualizado

Nesta quinta-feira (4), a Polícia Federal de Parnaíba prendeu um homem suspeito de pedofilia durante a Operação Protection. A prisão ocorreu na cidade de Camocim, no Ceará.

Conforme a Polícia Federal, as investigações acontecem devido apuração que constatou acesso a pornografia infantil por meio de um aplicativo canadense de mensagens que registrou o acesso em Parnaíba no Piauí.

A ação foi investigada pela polícia federal brasileira e a polícia federal canadense, através da Organização Internacional de Polícia Criminal, conhecida como Interpol.

De acordo com a Polícia Federal, a denominação da operação advém do acordo entre os policiais internacionais para que juntos protejam as crianças de criminosos que possam se aproveitar se sua ingenuidade para praticar crimes.

"Diligências preliminares resultaram na identificação do responsável pelo acesso, com domicílio na cidade de Camocim/CE, local em que foi dado cumprimento a Mandado de Busca e Apreensão expedido pelo Juiz titular da Justiça Federal em Parnaíba/PI. Foram utilizados oito policiais federais nas diligências, todos lotados na Delegacia de Polícia Federal em Parnaíba", informou a PF.

De acordo com a PF, um homem foi preso em flagrante e indiciado pelos crimes tipificados nos artigos 240, 241-A e 241-B, todos do Estatuto da Criança e do Adolescente.

As investigações contaram com oito policiais federais que atuaram através da Delegacia de Polícia Federal de Parnaíba.

Mais na Web