Polícia

PF investiga uso de documentos falsos para compras de armas no Piauí

A PF realizou a Operação Integração II, que investiga membros de uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas entre Teresina e Timon.
17/03/2021 12h00 - atualizado

A Polícia Federal em conjunto com o GAECO/MA deflagrou, na tarde dessa terça-feira (16), a Operação Integração II, em Teresina.

Segundo a PF, foram cumpridos 2 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de prisão expedidos pelo juízo da 3ª vara da seção judiciária federal do Piauí e da 3ª vara da comarca de Mirassol D’Oeste/MT.

A investigação teve início a partir do conhecimento de que membros de uma organização criminosa que atua no tráfico de entorpecentes entre Timon e Teresina, teriam adquirido armas de fogo mediante uso de documentos falsos.

São investigados membros da organização criminosa e despachantes de arma de fogo. Durante a investigação foi descoberto que um dos suspeitos que adquiriu arma de fogo, é condenado a 9 anos e 6 meses de prisão no estado do Mato Grosso, estando foragido em Teresina desde o ano de 2013.

  • Foto: Polícia FederalDinheiro apreendido pela PF durante Operação Integração II em Teresina.Dinheiro apreendido pela PF durante Operação Integração II em Teresina.

Ainda de acordo com a polícia, na operação foi apreendida 1 pistola, mais de 1000 munições, diversos documentos e R$ 9.600 reais, em cédulas de pequeno valor. 

O material apreendido será analisado com objetivo de comprovar os crimes investigados e identificar a participação de outros envolvidos.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web