Piauí

Piauí atinge recorde na taxa de população desocupada, aponta IBGE

A informação foi divulgada nessa terça-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.
02/09/2021 07h47 - atualizado

Nessa terça-feira (31), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Piauí atingiu a taxa de 14,9% da população desocupada no 2º trimestre de 2021, o que representa cerca de 212 mil pessoas sem trabalho e que estão procurando por uma ocupação.

Segundo o IBGE, o estado já tinha registrado um recorde no 1º trimestre do ano, quando a taxa chegou a 14,5%. O índice de desocupação atual é o maior desde 2012, quando teve início a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua).

De acordo com o Instituto, apesar do recorde negativo, o Piauí possui a menor taxa entre os estados do Nordeste e a 12ª maior do Brasil. O estado que lidera a taxa de população desocupada no país é Pernambuco, com 21,6%. E Santa Catarina tem o menor índice, com apenas 5,8%.

Piauí tem a maior subutilização da força de trabalho

Ainda segundo a pesquisa do IBGE, outro dado coletado foi a subutilização da força de trabalho, que trata das pessoas que trabalham menos de 40h semanais e que gostariam de completar a carga horária, além das desocupadas e as inativas com potencial para trabalhar.

Conforme a pesquisa, o Piauí alcançou 46,6% da população com 14 anos ou mais de idade do estado no 2º trimestre de 2021, que representa o maior índice do Brasil.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web