Coronavírus no Piauí

Piauí chega a 65.638 casos confirmados e 1.594 mortes por Covid-19

Dos 224 municípios do estado, apenas dois não têm casos de contaminação pelo coronavírus (Arraial e Canavieira ). A doença está presente em 98,7% do território piauiense.
14/08/2020 20h00 - atualizado

Nas últimas 24 horas foram registrados, no Piauí, 1.043 casos confirmados e 13 óbitos pelo novo coronavírus, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta sexta-feira (14).

Segundo a Sesapi, dos 1043  casos confirmados da doença, 571 são mulheres e 472 homens, com idades que variam de quatro meses a 96 anos. 

Seis mulheres  e sete homens não resistiram às complicações do novo coronavírus. Elas eram naturais das cidades de Caraúbas do Piauí (15 anos), Nossa Senhora dos Remédios (69 anos), Olho D’Água do Piauí (84 anos) e Teresina (53, 82 e 87 anos). Já eles eram de Barras ( 52 anos), Picos (55 e 80 anos), Redenção do Gurguéia (71 anos) e Teresina (56, 60 e 80 anos ).

Dos 224 municípios do estado, apenas dois não têm casos de contaminação pelo coronavírus (Arraial e Canavieira ). A Covid-19 está presente em 98,7% do território piauiense.

O Piauí possui 65.638 casos confirmados do novo coronavírus e 1.594 óbitos registrados pela doença, em 136 municípios. Deste total, morreram 933 homens e 661 mulheres. 

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 660 ocupados, sendo 404 leitos clínicos, 245 UTIs e 11 leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 2.752 até o dia 14 de agosto.

A Sesapi estima que 63.384  pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

Secretário da Saúde trata de planejamento para reabertura de ambulatórios

O Governo do Piauí informou que nesta sexta-feira (14) o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, acompanhado por uma equipe técnica da Sesapi, e com o presidente da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS), Manoel Moura Neto, para discutir a necessidade de reabertura dos ambulatórios públicos em Teresina.

“Em razão da pandemia, nós realizamos o fechamento dos ambulatórios e agora, com a evolução positiva no nosso estado, começamos a estudar um planejamento para a reabertura desses ambulatórios. Queremos realizar essa reabertura assim como o governo promoveu a reabertura de outros setores, de forma planejada, respeitando orientações dos órgãos de saúde e seguindo os protocolos estabelecidos, garantindo, dessa forma, a atenção a assistência à saúde das pessoas que precisam”, destacou o secretário de Saúde.

Mais na Web