Geral

Piauí poderá receber agências do Banco de Brasília em três cidade

O governador se reuniu com o presidente do banco para tratar o processo de implantação das agências.
  • LUCAS KLISMAN
07/11/2019 10h50 - atualizado

Na manhã desta terça-feira (5), o governador Wellington Dias se reuniu com o presidente do Bando de Brasília (BRB), Paulo Henrique Costa, para tratar sobre a possibilidade de implantação das agências do banco no Piauí.

De acordo com o governador, a parceria com a instituição financeira pode contribuir e ajudar não só no desenvolvimento do estado, mas do Nordeste como um todo. “Com o Consórcio Nordeste, o banco pode ancorar o Fundo de Investimentos e Participações Nordeste”, comenta Wellington Dias.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíGovernador Wellington Dias e o presidente do Banco de Brasília, Paulo Henrique CostaGovernador Wellington Dias e o presidente do Banco de Brasília, Paulo Henrique Costa

O Banco de Brasília está analisando criteriosamente a instalação de suas agências no Piauí, e a instituição já mostra a possibilidade de implantar agências em Teresina, Floriano e Corrente, é o que conta o governador Wellington Dias. São regiões pujantes em desenvolvimento. Junto à Agência de Fomento do Piauí, é possível um termo de cooperação para microcrédito, Pronaf e mais à frente, outros programas com foco no social. Desenvolver parcerias na área de habitação, ou seja, abre para o estado do Piauí a possibilidade de produtos do BRB”, explica o gestor.

O presidente do BRB fala do objetivo da instituição ao instalar agências no Nordeste. “Querermos fazer o nosso papel de banco público, levando microcrédito, crédito mobiliário, crédito consignado ao servidor e soluções inovadoras do mercado de capitais que possam ajudar o Governo do Piauí no alcance de seus objetivos e certamente melhorar a qualidade de vida do povo piauiense”, disse Paulo Henrique Costa.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web