Geral

Piauiense que ganhou R$ 1 milhão na loteria morre de Covid-19 no DF

João Jacó Fialho, de 60 anos, era natural de Alagoinha do Piauí e morreu depois de passar 17 dias internado em um hospital de Brasília.
06/08/2020 17h45 - atualizado

Na noite dessa quarta-feira, 5 de agosto, o ex-garçom do Senado Federal, João Jacó Fialho, de 60 anos, natural de Alagoinha do Piauí morreu por complicações da Covid-19, após 17 dias internado em um hospital do Distrito Federal.

De acordo com informações divulgadas pelo Portal É Notícias, João estava internado desde o dia 17 de julho e possuía diversas comorbidades, era ex-fumante, tinha colesterol alto, diabetes e hipertensão. Familiares informaram que o enterro ocorre na tarde desta quinta-feira (6), no Cemitério do Gama, no Distrito Federal.

  • Foto: Arquivo PessoalJoão Jacó Fialho, de 60 anos, era natural de Alagoinha do Piauí.João Jacó Fialho, de 60 anos, era natural de Alagoinha do Piauí.

João Jacó Fialho, o Mala, ficou bastante conhecido por ganhar mais de R$ 1 milhão de reais na Loto Fácil. Desde então, ele havia pedido demissão do emprego de garçom no Senado Federal.

Nascido na localidade Piranhas, zona rural de Alagoinha do Piauí, João Jacó era solteiro, não tinha filhos e era tio do ex-vereador Paulinho de Bobó.

Com informações do Portal É Notícias.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web