Piauí

Picos registra 12 novos casos de HIV e 52 de sífilis, diz CTA

O exame é gratuito e o resultado dos testes é dado em até três dias úteis, caso haja alguma alteração na carga viral do paciente, ele é encaminhado para o tratamento que é feito pelo SUS.
20/05/2021 16h30 - atualizado

O Centro de Testagem e Aconselhamento de Picos (CTA) registrou nos primeiros meses de 2021, 12 novos casos de HIV e 52 de sífilis.

Segundo o coordenador do CTA, Fábio Bernardes, no centro que recebe pacientes de toda macrorregião, e os casos de sífilis chamam a atenção por cerca de 50% estarem relacionados a jovens com faixa-etária de 18 a 29 anos.

Fábio Bernardes, informou que o órgão já prestou 2.087 atendimentos este ano e conta que a população tem procurado mais a unidade de Picos para realizar os exames, que inclui, além da detecção de sífilis e HIV, as hepatites virais.

Ele alerta que a população deve ter cautela em relação à sífilis: “Este é um ponto importante que nós temos frisado com relação aos cuidados que o jovem deve ter com relação à sífilis, que é uma doença que, em grande parte, não apresenta sintomas, e quando apresenta já é com uma certa gravidade. Então tem que ter uma cautela com relação à sífilis. Então se a pessoa teve o ato sexual e não usou o preservativo, deve procurar o CTA com o intuito de evitar um agravamento maior da patologia, como forma de prevenção”, informou ao site Grandepicos.

O resultado dos testes é dado em até três dias úteis e caso haja alguma alteração na carga viral do paciente, ele é encaminhado para o tratamento que é feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Conforme o coordenador, para realizar o teste, o paciente não precisa estar em jejum e não tem a necessidade de um encaminhamento médico, basta levar a carteirinha do SUS e um documento de identidade. O exame é gratuito e pode ser feito das 7hs às 12hs no centro, que fica localizado na Rua Cel. Francisco Santos, 82, Centro.

Vacinação Covid-19

O coordenador explica que o CTA de Picos também realiza a vacinação contra a covid-19 em pacientes com HIV, mas que apenas pacientes do município estão incluídos na imunização contra a covid. Ele pontua que a unidade irá montar um cronograma de vacinação para atender esse público.

Fábio reitera que é mantido total sigilo dos portadores de HIV que são tratados na unidade de saúde. 

Com informações do Grandepicos.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web