Polícia

PM é preso suspeito de matar mototaxista no Centro de Teresina

De acordo com o delegado Barêtta,o suspeito foi preso na casa onde mora no bairro Mocambinho, nesta segunda-feira (19).
19/07/2021 16h55 - atualizado

O homem acusado de matar um mototaxista de 79 anos a tiros no dia 10 de junho na Avenida Maranhão, no Centro de Teresina, foi preso na manhã desta segunda-feira (19) na casa onde mora no bairro Mocambinho, região da zona Norte da capital, por volta das 10h30.

De acordo com o coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o delegado Francisco Costa, mais conhecido Barêtta, o suspeito é policial militar reformado e confessou o crime.

  • Foto: Luís marcos/ ViagoraCoordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa(DHPP), Francisco BaretaCoordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa(DHPP), Francisco Bareta

Segundo o delegado, o autor do crime relatou que conhecia o mototaxista Antônio há 10 anos e que sempre fazia ponto no local quando a vítima não estava.

A polícia informou que conforme o acusado, o idoso teria começado a discussão com xingamentos e que teria sido agredido pela vítima, quando sacou a arma e efetuou os disparos.

De acordo com o delegado Barêtta, os agentes sabiam que se tratava de um mototaxista clandestino e após descobrirem a identidade, foi solicitado um pedido de prisão preventiva que foi concedido pelo juiz da Central de Inquéritos.

Com o acusado, os policiais apreenderam a motocicleta e a arma utilizada no crime, um revólver calibre .38.

O delegado disse ainda que foi encaminhado um ofício para a Corregedoria da Polícia Militar do Piauí para que o homem fosse encaminhado para o presídio militar.

Mais na Web