Polícia

PM prende sete pessoas por assalto à Lojas Americanas em Teresina

De acordo com informações do capitão Sousa Lima, as equipes conseguiram chegar até os suspeitos por meio do sinal de um dos celulares que foram roubados na loja.
06/04/2021 15h07 - atualizado

No fim da manhã terça-feira (06), a Polícia Militar (PM), por meio da Força Tática e da Companhia Independente do Promorar, realizou a prisão de “Nego Ailton”, irmão de “Nego Wilson” e de mais seis pessoas na região do bairro Promorar, na zona Sul de Teresina, suspeitas de participarem do assalto à Lojas Americanas, na zona Leste da capital.

De acordo com informações do capitão Sousa Lima, as equipes conseguiram chegar até os suspeitos por meio do sinal de um dos celulares que foram roubados na loja localizada na Avenida Nossa Senhora de Fátima. O sinal rastreado pela polícia levou as equipes até a Vila Santa Cruz, região do bairro Promorar, onde foi efetuada a prisão de sete pessoas, entre elas Nego Ailton.  

“Houve um assalto a uma loja de departamento na zona Leste. Uma viatura do 5º Batalhão foi acionada e foi até o local. Foram identificados celulares roubados, a equipe da Polícia Militar conseguiu o sinal de celular de um deles e o sinal deu aqui na região da Companhia do Promorar, na Vila Santa Cruz. Ao adentrar na rua, a gente já se deparou com os indivíduos correndo, abandonaram esse carro e entraram casa à dentro. A Polícia Militar acompanhou, deu voz de prisão a um deles, identificado com Nego Airton [...] Foram sete pessoas presas, dentre elas uma jovem de 17 anos”, relatou o capitão.

Ainda segundo o militar, com Nego Ailton foram apreendidos uma pistola calibre .38 com dois carregadores e 15 munições. Conforme o capitão Sousa Lima, em uma segunda residência que Nego Ailton possui na rua a polícia apreendeu uma segunda arma de fogo e um carro que havia sido roubado.

A Polícia Militar informou que há meses as equipes investigavam Nego Ailton, irmão de Nego Wilson, morto em 2019, que já possuía mandato de prisão em aberto.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web