Polícia

Polícia Civil desarticula quadrilha de assaltos a bancos no Piauí

A Polícia Civil através do GRECO, desarticulou uma organização criminosa formada por 11 pessoas responsáveis por roubos contra agências bancárias no estado do Piauí.
26/08/2021 08h26 - atualizado

A Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), desarticulou uma organização criminosa formada por 11 pessoas responsáveis por roubos contra agências bancárias no estado do Piauí.

Conforme o GRECO, o grupo comandado por três homens, considerados líderes das ações contra bancos no Estado, foi preso após investigações, sendo um deles morto em confronto com a polícia durante o assalto registrado em Miguel Alves, em outubro de 2020.

Segundo a polícia, das 11 pessoas presas relativas a essas ocorrências de estouro de caixas eletrônicos em Teresina, duas estão envolvidas no assalto de Miguel Alves, um deles também participou de um latrocínio do gerente do Banco do Brasil de Luzilândia e um segundo alvo assassinou uma pessoa durante a fuga no assalto de Miguel Alves.

A polícia informou que o grupo foi identificado após intenso trabalho com troca de informações, apoio de outras unidades da Polícia Civil, da equipe de inteligência e também da Polícia Militar.

Ainda de acordo com a polícia, com o desdobramento das investigações, os policiais observaram que os alvos das recentes ações ocorridas em Teresina eram os mesmos que tinham sido presos em investigações anteriores, o que demonstra a capacidade de atualização da organização criminosa de atuar em diferentes frentes de forma articulada e organizada.

Mais na Web