Polícia

Polícia Civil prende ex-prefeito Felipe Santolia em São Paulo

De acordo com a Polícia Civil, o ex-prefeito era procurado da Justiça com pena de 12 anos e três meses.
24/06/2021 10h42 - atualizado

Nessa quarta-feira (23), o ex-prefeito de Esperantina, Antônio Felipe Santolia foi preso no litoral norte do estado de São Paulo acusado de desvios milionários enquanto ocupava o cargo público no Piauí entre os anos de 2005 e 2008.

A prisão foi realizada pela equipe da Divisão de Capturas do Departamento de Operações Policiais Estratégicas da Polícia Civil de São Paulo com apoio da Gerência de Polícia Especializada da Polícia Civil do Piauí.

  • Foto: Polícia Civil de São PauloAntônio Felipe Santiola.Antônio Felipe Santiola.

Segundo a Polícia Civil do Piauí, Felipe Santiola respondia a processo, tinha mandado de prisão em aberto e era procurado da Justiça com pena de 12 anos e três meses de prisão. Ele foi localizado no município de Caraguatatuba e era conhecido como “Xico Namastê”. 

De acordo com a polícia, as equipes da Divisão de Capturas se  dirigiram à residência que servia de esconderijo do procurado e como escritório de uma empresa de tecnologia que comercializava em aplicativo voltado ao desenvolvimento dos pequenos comércios daquela região, não localizando inicialmente Felipe Santiola.

Após diligências, o ex-prefeito foi encontrado no centro da cidade enquanto divulgava o aplicativo para pequenos comerciantes.

Ainda segundo a polícia, durante a abordagem, o acusado tentou se esquivar da prisão apresentando documento falso, com dados de terceira pessoa, oriundo do Estado de Minas Gerais, ostentando sua fotografia, acrescentando ser primo de Antonio Felipe e continuou a negar sua real identidade.

Os policiais encaminharam Felipe Santiola à sede da Divisão de Capturas para realização dos procedimentos de Polícia Judiciária e, segundo a polícia, ele será recolhido a estabelecimento prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web