Polícia

Polícia identifica os suspeitos de instalar chupa-cabra em caixas

Pelo menos quatro pessoas participaram da ação na agência do Banco do Brasil no último sábado (8), em Teresina.
  • DA REDAÇÃO
13/02/2020 08h15 - atualizado

As investigações do 6° Distrito Policial levaram a identificação de quatro pessoas suspeitas de instalar “chupa-cabras” em caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil, que fica localizada no bairro Piçarra, na zona Sul de Teresina. O flagrante foi registrado no último domingo (9), quando a esposa de um cabo da PM tentou realizar um saque e percebeu a irregularidade.

Segundo informações do investigador Washington Pereira, a identificação dos quatro suspeitos, dentre eles um casal, foi possível por meio das câmeras de monitoramento interno da agência bancária. Nas imagens é possível ver que os suspeitos passaram cerca de 30 minutos do sábado (8) na área dos caixas eletrônicos, onde teriam implantado o sistema de “chupa-cabras”.

O crime só foi descoberto no domingo quando a esposa de um cabo da Polícia Militar tentou realizar um saque no valor de R$ 1 mil e percebeu que o dinheiro não saía do caixa eletrônico, no entanto há a possibilidade de que outras vítimas tenham caído no golpe ainda no sábado, quando o aparelho foi instalado.

O delegado titular do 6° DP, Mamede Rodrigues, afirmou que a polícia trabalha na qualificação dos alvos para pedir a prisão preventiva dos suspeitos à Justiça. Alertou ainda para que, quem tiver sido vítima dessas circunstância que procure o 6° Distrito Policial para denunciar a situação.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web