Polícia

Polícia prende casal acusado de praticar estelionato em Teresina

De acordo com a polícia, a dupla entrava em grupos de compra através do aplicativo WhatsApp, ou mantinha contato diretamente com lojas, mas modificavam os dados do comprovante de pagamento.
28/10/2021 10h38 - atualizado

A Polícia Civil do Piauí, por meio do 4° DP em Teresina, realizou nessa quarta-feira (27), a prisão em flagrante de um casal identificado apenas pelas iniciais M.C.M e L.O.S.R, acusado da prática de estelionato.

Conforme informações repassadas pela polícia, a dupla entrava em grupos de compra através do aplicativo WhatsApp, ou mantinha contato diretamente com lojas, onde realizavam o pedido de roupas e outros objetos de valor e, em seguida, enviavam o comprovante para os proprietários, assim realizando a coleta das mercadorias.

Segundo a Polícia Civil, o recibo enviado era produzido no aplicativo do banco e posteriormente os dados eram modificados em um programa usado pelo casal, com o objetivo de simular os dados dos suspeitos, e não gerar desconfiança nos vendedores.

A polícia informou ainda que além das vítimas já identificadas, outros devem surgir com o desenrolar das investigações

Mais na Web