Polícia

Polícia prende empresário em Teresina acusado de estelionato

Os policiais da CORE e DRCI monitoraram a chegada dos produtos e conseguiram prender o empresário em flagrante, quando ele os recebeu em uma transportadora.
14/04/2021 17h30 - atualizado

Nessa segunda-feira (12), um empresário do ramo de eletrônicos foi preso em Teresina acusado de utilizar dados de um cartão de crédito clonado para adquirir produtos hospitalares no valor de R$ 15 mil e R$ 13 mil de uma empresa do Mato Grosso.

A ação da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE), teve o apoio da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI).

De acordo com o delegado Júlio Castro, as investigações tiveram início depois que a equipe do da CORE, da qual é titular, recebeu informações que davam conta de uma suposta fraude envolvendo a compra de produtos hospitalares por parte de um empresário de Teresina.

Conforme investigadores da DRCI, os dados fornecidos para a compra dos produtos, que ocorreu de forma online, pertenciam a uma idosa do Rio de Janeiro, que teve o cartão de crédito clonado.

Os policiais da CORE e DRCI monitoraram a chegada dos produtos e conseguiram prender o empresário em flagrante, quando ele os recebeu em uma transportadora. As investigações sobre o caso vão continuar para identificar mais pessoas envolvidas na fraude.

Mais na Web