Saúde

Ponte Estaiada de Teresina tem iluminação especial para Novembro Azul

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Edmilson Ferreira explica que a ponte foi escolhida de forma estratégica por ser bem localizada e muito visitada na capital.
03/11/2021 18h25

A Ponte Estaiada João Isidoro França vai receber iluminação especial em azul neste mês em que se celebra o Novembro Azul, contra o câncer de próstata e em conscientização sobre as complicações da diabetes.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Edmilson Ferreira explica que a ponte foi escolhida de forma estratégica por ser bem localizada e muito visitada na capital. Ele ainda destacou a importância da conscientização neste período.

  • Foto: Prefeitura Municipal de TeresinaPonte Estaiada com iluminação azul.Ponte Estaiada com iluminação azul.

“Por se tratar de um ponto turístico bastante visto e visitado na nossa capital, não podemos deixar de utilizá-lo para nos manifestar sobre essas duas causas de tão grande importância. Queremos alertar e conscientizar nossa população sobre os cuidados relacionados à saúde do homem, especialmente quanto ao câncer de próstata, e sobre a prevenção de complicações da diabetes”, explica o secretário.

O coordenador de Iluminação Pública da SEMDUH, Augusto César, afirmou que a ponte Estaiada também será iluminada de outras cores para contemplar outras causas celebradas neste período.

“Temos outras duas causas que solicitaram a iluminação da ponte, mas são poucos dias e, assim que acabarem o prazo solicitado, voltamos para a cor azul”, afirma Augusto César.

A prefeitura de Teresina afirmou que a causa relacionada a diabetes tem o objetivo de prevenir quanto ao pé diabético, comum entre pacientes acometidos por esta doença. A diabetes provoca diversas alterações na região inferior do corpo que podem resultar em lesos nos nervos, alterações na circulação arterial, redução da imunidade e modificações na anatomia dos ossos do pé.

Já quanto ao câncer de próstata que atinge os homens com mais de 50 anos, a comunidade médica orienta que os homens a partir desta idade já devem se consultar com o profissional especializado na área, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia.

O câncer de próstata acomete um em cada seis homens que desenvolverão a doença ao longo da vida, segundo as estatísticas, porém apenas um homem em cada 35 morre em decorrência deste tipo de câncer. Se descoberto cedo o tratamento precoce pode recuperar totalmente o paciente.

Mais na Web