Piauí

Prefeita de Jurema declara situação de emergência devido à estiagem

Segundo o decreto, os dados apontam que as lavouras de milho, feijão e mandioca tiveram grande perda, causada pela falta de chuvas.
19/10/2021 19h31 - atualizado

Na última quarta-feira (13), a prefeita do município de Jurema, Kaylanne da Silva Oliveira (MDB), assinou decreto, declarando situação de emergência devido à estiagem.

O documento assinado pela gestora foi publicado no Diário Oficial dos Municípios (DOM) do dia 15 de outubro.

Segundo o decreto, os dados colhidos pela Secretaria Municipal de Defesa Civil e Secretaria Municipal de Agricultura apontam que as lavouras de milho, feijão e mandioca tiveram uma perda estimada em 64%, 65% e 60%, respectivamente, causada pela falta de chuvas.

De acordo com a prefeita, as baixas precipitações causaram prejuízos nos setores da agricultura de subsistência e pecuário, as principais atividades econômicas da população.

A prefeita decretou situação de emergência em toda extensão territorial do município de Jurema por 180 dias e autorizou o desencadeamento de ações emergenciais de resposta aos danos, até o restabelecimento da normalidade.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web