Piauí

Prefeita Doquinha é acusada de mau uso de recursos de merenda escolar

O Ministério Público Federal no Piauí instaurou Inquérito Civil para apurar o caso.
29/03/2018 20h36 - atualizado

O Ministério Público Federal no Piauí converteu Procedimento Preparatório em Inquérito Civil para apurar supostas anormalidades cometidas pela atual prefeita de Colônia do Gurguéia-PI, Alcilene Alves de Araújo, mais conhecida como Doquinha.

  • Foto: Facebook/Alcilene Alves AraújoPrefeita DoquinhaPrefeita Doquinha.

Foi instaurado procedimento extrajudicial a partir de representação em face da gestora. A ação relata possíveis indícios de irregularidades na utilização de recursos destinados a merenda escolar dos colégios municipais.

A representação ressalta o possível fato de que a empresa Futura Distribuidora de Alimentos LTDA não venceu qualquer processo licitatório no ano de 2017.

 A Portaria nº 36 de 20 de março de 2018 que instaurou o Inquérito Civil foi assinada pela Procuradora da República Cecília Vieira de Melo Sá Leitão.

Outro lado

O Viagora entrou em contato com a prefeita Doquinha nesta quinta-feira (29), mas as ligações não foram atendidas.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web