Piauí

Prefeito de Teresina Dr. Pessoa defende a volta da CPMF

De acordo com Dr. Pessoa, anteriormente, ele era contra o CPMF, mas que devido a situação em que se encontra a economia, o retorno da cobrança do imposto iria ajudar na recuperação das finanças.
18/02/2021 15h50 - atualizado

Nessa quarta-feira (17), o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, afirmou que é a favor do retorno da cobrança da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, a CPMF.

De acordo com Dr. Pessoa, anteriormente, ele era contra a CPMF, mas que devido a situação em que se encontra a economia, provocada pela pandemia da Covid-19, o retorno da cobrança do imposto iria ajudar na recuperação das finanças.

“La atrás eu era contra a CPMF, mas hoje em uma situação dessas da economia em declínio, de um coronavírus que piorou mais ainda a situação. [...] Poderia a própria classe empresarial mandar um projeto de lei para o Congresso Nacional para voltar a CPMF. Mas vamos pressionar aqueles que cuidam do dinheiro público, dos impostos que são caros”, disse o prefeito.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraPrefeito de Teresina, Dr. PessoaPrefeito de Teresina, Dr. Pessoa

Segundo Dr. Pessoa, os recursos vindos da cobrança da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira seriam destinados para mais “estabilidade social” para as pessoas que necessitadas, e destaca que a situação poderá piorar.

“Seriam aplicados para dar estabilidade social. É o povo que está pedindo a mudança. Se não for de um jeito lá na frente a situação vai piorar. Quando acordo tem 20 a 30 pessoas na porta da minha casa pedindo comida, pedindo um café. Tem que ter visão que todo o coração para que as coisas fluam. Quando não se faz a prevenção, a doença invade. A doença social é terrível quando está dominando o segmento”, disse Dr. Pessoa.

Mais na Web