Coronavírus no Piauí

Prefeitura de Altos nega distribuição de alimentos vencidos

A prefeitura informou que todas as medidas cabíveis, legais e sanitárias para a distribuição dos kits de alimentação estão sendo tomadas.
31/03/2020 18h00 - atualizado

Algumas famílias da cidade de Altos estariam relatando nas redes sociais que os alimentos que receberam como forma de ajuda, diante da pandemia da Covid-19 e que teriam sido distribuídos por escolas do município, já haviam passado da data de validade.

Em áudios que circulam nas redes sociais, uma suposta mãe que não foi identificada relata que as famílias da cidade só estão recebendo quatro alimentos, que seriam da despensa das escolas e creches e afirma que em Teresina as famílias estão tendo acesso a uma cesta básica completa.

  • Foto: DivulgaçãoFamílias recebem alimentos vencidos da prefeitura de AltosFamílias recebem alimentos vencidos da prefeitura de Altos

“Olha aí pra quem tem filho nas escolas daqui de Altos. O grande kit, a cesta de alimentação que tão dando aí nas creches. Lá em Teresina é um saco cheio de alimentos, aí aqui as diretoras fazem a gente perder o tempo da pessoa pra ir pegar essa esmola”, relatou uma das benefíciarias.

Além da pouca quantidade de alimentos, as mães denunciam que alguns produtos recebidos estavam com a data de validade ultrapassada. Em uma das imagens de produtos divulgadas nas redes sociais, a data é de 29 de janeiro de 2020, e segundo o áudio, nesse período o ano letivo de escolas e creches de Altos ainda não havia começado.

  • Foto: DivulgaçãoAlimento vencidoAlimento vencido

“Quando essas crianças começaram a estudar esse biscoito já tava vencido, que venceu foi no começo do ano. Ave Maria, que dizer que essa merenda já chegou foi vencida? Porque venceu no dia 29 de janeiro, as aulas nem tinham começado ainda”, comenta outra mãe em um dos aúdios.

Outro lado

Procurada pelo Viagora a prefeitura de Altos emitiu uma nota sobre o assunto.

Confira abaixo a nota na íntegra:

A Prefeitura de Altos, por meio da Secretaria Municipal de Educação, vem a público esclarecer que todas as medidas cabíveis, legais e sanitárias para a distribuição dos kits de alimentação estão sendo tomadas. Assim, é possível afirmar que há um rigoroso controle com a data de vencimento de todos os produtos. 

Portanto, reiteramos que nenhum item que compõe o kit de alimentação se encontra fora do prazo de validade. Diante disso, a Secretaria Municipal de Educação informa que está tomando todas as medidas legais, junto aos órgãos de Justiça, para combater a disseminação de informações falsas, difamatórias e caluniosas, utilizadas para atingir essa ação de tão grande relevância social.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web