Política

Presidente Bolsonaro afirma que o PSL está “cheio de traíra”

Presidente deixou o PSL e coordena a criação de uma nova legenda, a Aliança pelo Brasil, e diz que fará campanha nas eleições de 2022.
  • DA REDAÇÃO
11/12/2019 15h35 - atualizado

Na manhã desta quarta-feira (11) o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o PSL, partido pelo qual foi eleito em 2018, está cheio de “traíras”, o presidente disse ainda que irá participar das campanhas eleitorais de 2022.

De acordo com o presidente, que coordena a criação de uma nova legenda – Aliança pelo Brasil, no novo partido não entrará “traíras”.

“Estou fazendo um partido que vai estar de novo sem televisão. Eu vou ter critério concreto para botar gente no meu partido. Não vou botar traíra. Entrou traíra [no PSL] porque foi em cima da hora. Cheio de traíra o partido que eu deixei para trás”, afirmou o presidente.

  • Foto: DivulgaçãoPresidente BolsonaroPresidente da Repúbica, Jair Bolsonaro

Em conversa com apoiadores, o presidente revelou os planos para as eleições de 2022 e disse que fará campanha. “Pessoal, em 22 tem eleição? Eu vou estar na campanha de uma forma ou de outra. Mesmo que eu não venha a candidato, vou fazer campanha. Não é por mim, não”, concluiu o presidente.

Mais na Web