Política

Presidente Bolsonaro confirma indicação de Kassio Nunes ao STF

Bolsonaro anunciou ontem em suas redes sociais a escolha do desembargador piauiense para assumir a vaga de Celso de Mello.
02/10/2020 08h18 - atualizado

O desembargador piauiense, Kassio Nunes, do Tribunal Regional Federal da 1° Região (TRF1), foi anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro como o escolhido para ocupar a vaga do ministro Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão deve sair ainda nesta sexta-feira (2) no Diário Oficial da União (DOU)

A declaração foi feita nas redes sociais do presidente nessa quinta-feira (1°) e para os consultores da Câmara e do Senado, a escolha foi prudente, uma vez que a indicação para o STF não depende inteiramente do presidente da República. O decano Celso de Mello deixará a corte no dia 13 de outubro.

  • Foto: Ascom/TRF1Desembargador Kassio Nunes, indicado pelo presidente Bolsonaro ao STF.Desembargador Kassio Nunes, indicado pelo presidente Bolsonaro ao STF.

Kassio Nunes foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff, em abril de 2011, ao TRF1. Ele foi escolhido para preencher a vaga reservada a profissionais oriundas da carreira na advocacia. O magistrado também foi juiz eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI).

Natural de Teresina, Marques foi advogado por cerca de 15 anos e integrou os quadros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Ele foi indicado pela OAB para disputar a cadeira e foi o mais votado na lista tríplice.

Mais na Web