Polícia

Preso suspeito de matar jovem que elogiou facção em Alto Longá

A Polícia Civil de Alto Longá continua realizando diligências para localizar e prender os demais responsáveis pelo crime.
24/10/2020 10h11 - atualizado

Um dos suspeitos de sequestrar e assassinar um rapaz de 20 anos em Alto Longá foi preso na noite dessa sexta-feira (23), no bairro Parque Mão Santa, na zona leste de Teresina. A polícia acredita que a motivação do crime foi o jovem ter feito apologia ao PCC nas redes sociais, o que teria irritado a facção rival, Bonde dos 40.

Segundo a polícia, a PM de Teresina estava realizando rondas pela zona Leste quando avistou dois homens em um carro, que ao notarem os policiais jogaram uma arma de fogo pela janela do veículo. Os policiais então mantiveram o monitoramento da área, e quando os suspeitos voltaram para recuperar o revólver, foram pegos em flagrante.

A PM informou que foi constatado que havia um mandado de prisão pelo crime de homicídio em Alto Longá contra um dos homens. A dupla foi então conduzida até a Central de Flagrantes de Teresina para realização dos procedimentos legais que o caso requer.

A Polícia Civil de Alto Longá continua realizando diligências e investigando para localizar e prender os demais responsáveis pelo crime.

Entenda o caso

Um jovem de 20 anos identificado como Pedro Henrique foi sequestrado na último dia 5 de outubro por membros de uma facção criminosa no centro da cidade de Alto Longá. A principal suspeita é de que o rapaz tenha sido sequestrado e morto após fazer apologia a uma facção rival em mensagens do Whatsapp. O corpo do rapaz foi encontrado no dia 16 deste mês, enterrado em um terreno.

Mais na Web