Polícia

PRF-PI registra 6 ocorrências de embriaguez ao volante no fim de semana

Conforme a PRF, os casos foram registrados nas cidades de Cristino Castro, Alvorada do Gurguéia, Bom Jesus e Picos.
13/09/2021 11h30

Na noite do último sábado (11), a Polícia Rodoviária Federal IPRF), efetuou a prisão de três pessoas por conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool na BR-135 nos municípios de Cristino Castro e Alvorada do Gurguéia e na BR-316 no município de Picos.

Segundo a PRF, em Cristino Castro, durante fiscalização de rotina a polícia abordou o veículo de carga modelo FORD/FORD F 4000 fazendo movimento de zigue-zague sobre a pista de rolamento, e deu ordem de parada. O condutor além de ser inabilitado, apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica.

  • Foto: Divulgação/PRFPRF registra seis ocorrências de embriaguez ao volantePRF registra seis ocorrências de embriaguez ao volante

Ao realizar o teste de alcoolemia, resultando o índice de 0,83 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, estava mais de 20 vezes o índice máximo permitido para se conduzir um veículo automotor. O homem de 46 anos foi encaminhado para a Polícia Civil de Bom Jesus para os procedimentos cabíveis.

Já em Alvorada do Gurguéia, os policiais informaram que ao realizar fiscalização de rotina na BR-135, um condutor de 23 anos, em uma motocicleta modelo HONDA/CG 160 TITAN transitava sem utilizar o capacete de segurança, estava inabilitado e apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica.

Os policiais realizaram o teste de alcoolemia, resultando o índice de 0,39 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, 9 vezes maior que o índice máximo permitido para se conduzir um veículo automotor. A PRF encaminhou o homem para a Polícia Civil de Bom Jesus para os procedimentos necessários.

Na cidade de Picos­, um homem de 39 anos que também apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica, foi detido pelos policiais na BR-316 conduzindo o veículo GM/CORSA. Ao realizar o teste de alcoolemia, resultou o índice de 0,85 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, mais de 21 vezes o índice máximo permitido para se conduzir um veículo automotor. O homem foi encaminhado para a Polícia Civil de Picos.

De acordo com a PRF, os três acusados responderão pelo crime de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool.

  • Foto: Divulgação/PRFPRF prende condutor alcoolizadoPRF prende condutor alcoolizado

Na noite desse domingo (12), a PRF também realizou a prisão de mais três pessoas pelo crime de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool, na BR-135 no município de Bom Jesus e na BR-316 em Picos.

Conforme a polícia, no munícipio de Bom Jesus­ durante fiscalização de rotina na BR-135 abordaram o veículo modelo I/TOYOTA HILUXSW4, conduzido por um homem de 24 anos, que apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica. Os policiais realizaram o teste de alcoolemia, resultando o índice de 0,81 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, portanto mais de 20 vezes o índice máximo permitido para se conduzir um veículo automotor.

Um outro homem de 54 anos foi preso no mesmo município, quando os policiais abordaram uma motocicleta modelo HONDA/BIZ 125 KS, na qual o condutor apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica. Os policiais realizaram o teste de alcoolemia, que resultou em um índice de 0,86 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, mais de 21 vezes o índice máximo permitido para se conduzir um veículo automotor.

Ainda segundo a PRF, em Picos, um homem de 30 anos envolveu-se em acidente do tipo Atropelamento de pedestre na BR-316, envolvendo a motocicleta YAMAHA/XTZ 125E, cujo condutor, sofreu lesões leves e a pedestre, uma mulher de 50 anos, também sofreu lesões leves e foi socorrida pelo SAMU.

A polícia constatou que o condutor apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica, ele recusou-se a realizar o teste do etilômetro, mas a embriaguez alcoólica foi atestada através do Termo de Constatação de Embriaguez. Em seguida o homem foi encaminhado para a Polícia Civil para os procedimentos necessários e responderá por lesão corporal culposa na direção de veículo e Embriaguez ao volante.

Mais na Web