Polícia

PRF prende integrante de quadrilha com carreta roubada em Valença

De acordo com a PRF, os policiais receberam informações de que o veículo de carga havia perdido o sinal do rastreador e deram início a uma fiscalização na rodovia.
30/06/2020 18h30 - atualizado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou uma carreta na BR-316, na cidade de Valença do Piauí, na tarde dessa segunda-feira (29), que havia sido roubada na cidade de Parnamirim, no estado de Pernambuco.

De acordo com a PRF, os policiais receberam informações de que o veículo de carga havia perdido o sinal do rastreador e deram início a uma fiscalização na rodovia, quando abordaram um veículo modelo VOLVO/FH 400 4X2T conduzido por um homem de 34 anos que não teve o nome revelado.

Segundo a PRF, os policiais solicitaram a documentação ao condutor e detectaram que a CNH apresentava indícios de falsificação. Após revistas, os agentes encontraram 12 unidades de anfetaminas na cabine e constaram que a carreta possuía sinais de arrombamento. A carga, no valor de quase meio milhão de reais, havia sido roubada.

  • Foto: Divulgação/ PRFPRF prende integrante de quadrilha com carreta roubada na BR-316PRF prende integrante de quadrilha com carreta roubada na BR-316

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o homem teria entrado em contradição ao ser questionado sobre o paradeiro da carga, e não soube informar de maneira convincente qual a origem e destino, bem como o motivo da viagem. Os policias disseram que o homem relatou que recebeu o veículo daquela forma em Ouricuri, Pernambuco, e que receberia a quantia de R$ 5 mil para deixar na cidade de Teresina.

Após investigação, os policiais constataram que o homem responde processos por apropriação indébita, estelionato, associação criminosa, uso de documento falso, roubo de cargas majorado, sequestro, cárcere privado, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo. Também há informações de que o homem pertence a uma organização criminosa de assalto a cargas que atua nos estados do Piauí, Maranhão e Pernambuco e é considerado de alta periculosidade.

De acordo coma PRF, o homem e o veículo foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil do município de Valença e deve responder por roubo consumado de carga, roubo consumado de veículo, uso de documento falso, e porte de droga para consumo consumado. Segundo a PRF, o caso será investigado pelos policiais rodoviários federais de Pernambuco.

Mais na Web