Piauí

Produtores do cerrado piauiense discutem dificuldades no setor

A reunião aconteceu em Baixa Grande do Ribeiro neste domingo (26).
  • JOSEFA GEOVANA
28/11/2017 08h49 - atualizado

Produtores do cerrado piauiense e Ozires Castro, prefeito de Baixa Grande do Ribeiro, estiveram reunidos neste domingo (26) com o deputado federal Júlio César, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Piauí (FAEPI) e Paulo Emílio, superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), para debater sobre as dificuldades em produzir no Cerrado.

  • Foto: AscomProdutores rurais.Produtores rurais.

“É muito decadente a infraestrutura, principalmente em Baixa Grande do Ribeiro. Nossa região tem um potencial absurdo, é importante lembrar desta região e priorizar investimentos na infraestrutura, pois queremos ser competitivos”, relatou Alzir Neto, presidente da Associação dos Produtores Rurais da Serra Grande (Aprogrande).

Os produtores reivindicaram a respeito da infraestrutura e pavimentação da Transcerrados (PI-397) e da segurança pública, pois a região é uma das mais importantes fronteiras agrícolas que impulsiona o desenvolvimentos das cidades. De acordo com o prefeito Ozires Castro, a região é a maior produtora de grãos, e se o município tivesse estradas estaria com uma maior produção.

  • Foto: AscomReunião entre produtores do cerrado e Faepi.Reunião entre produtores do cerrado e Faepi.

Foram exigidas agilização de ações como incentivos a empresas que utilizam da matéria-prima (grãos) dentro do Estado; a agilização do programa de regularização fundiária do Piauí; incentivos a empresas produtoras de insumos agropecuários: calcário, fosfato, ente outros; obras de logística emergenciais; energia elétrica e modernização da ADAPI e de seus processos.

De acordo com o deputado federal Júlio César, presidente da Faepi, “o Brasil produziu ano passado 182 milhões de toneladas de grãos e este ano 242 toneladas, mas o estado que mais cresceu foi o Piauí, chegando perto de 4 milhões de toneladas”. Júlio César afirma que de acordo com uma pesquisa realizada pelo Santander os estados que possuem o agronegócio foram os que mais cresceram o Produto Interno Bruto (PIB), e o Piauí pontuou mais de três vezes a média Nacional, com 1.7%.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web