Política

Projeto proíbe uso de cigarros eletrônicos em espaços fechados em Teresina

“A lei é também para assegurar o direito ao cidadão que não fuma de não consumir o produto indiretamente." explica o vereador Dudu Borges (PT).
23/09/2021 15h25

Nessa semana, foi aprovado na Câmara Municipal de Teresina um projeto de lei que proíbe o uso de cigarros eletrônicos e narguilés em locais fechados.

De acordo com o projeto de lei, de autoria do vereador Dudu Borges (PT), ocorrerá uma alteração na Lei Municipal 4034 de 20 de agosto de 2010 que proíbe a utilização de produtos fumígenos em espaços fechados, porém agora com a adição dos narguilés e cigarros eletrônicos (popularmente conhecidos como "vape" ou vaporizador).

  • Foto: Câmara Municipal de TeresinaEdilberto Borges, o DuduDudu Borges (PT)

Segundo o vereador, o uso dos dispositivos invade o espaço dos outros, além de fazerem mal para a saúde.

“A lei é também para assegurar o direito ao cidadão que não fuma de não consumir o produto indiretamente. Temos uma lei federal que não permite fumar nos estabelecimentos fechados, mas quando foi aprovada não existiam os dispositivos eletrônicos, então muitos locais estão permitindo o uso. Quem quiser utilizar tem o direito, mas em locais adequados e respeitando quem não faz uso de cigarros”, afirmou Dudu.

Estudos indicam que a nicotina e outros produtos químicos liberados por vaporização podem causa danos aos pulmões e coração, embora sejam menos tóxicos que os cigarros convencionais.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web