Piauí

Promotor investiga atraso nos salários dos servidores da Sesapi

O procedimento preparatório foi instaurado pelo promotor Eny Marcos Vieira Pontes em face da Secretaria Estadual de Saúde.
17/09/2019 20h00 - atualizado

O Ministério Público do Piauí, através do promotor Eny Marcos Vieira Pontes, instaurou procedimento preparatório para apurar o atraso no pagamento dos profissionais de saúde contratados pelo Estado, por meio da Secretaria Estadual de Saúde adminsitrada por Florentino Neto, acarretando em paralisações e prejuízos na assistência dos pacientes.

Segundo a portaria 147/2019 publicada no Diário Oficial, o MPPI considerou informações divulgadas acerca da paralisação dos profissionais de saúde contratados pelo Estado, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, em razão do atraso no pagamento dos salários e vantagens.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Secretário Florentino NetoSecretário Florentino Neto

O MPPI considerou também que a 12ª Promotoria de Justiça tomou conhecimento da organização de um movimento de paralisação dos médicos e profissionais de enfermagem da Maternidade Dona Evangelina Rosa, agendado para o dia 18 de setembro de 2019.

De acordo com o órgão ministerial as supracitadas paralisações ocasionam prejuízo na assistência do paciente.

"Designação, em caráter de urgência, dada a iminência de uma paralisação, de audiência pública, as 16 horas, do dia 17 de setembro de 2019, com expedição de notificações para: a) Secretário Estadual de Saúde; b) Secretário de Fazenda do Estado do Piauí; c) Secretário de Administração do Estado do Piauí; d) Coordenadora do CAODS; e) Núcleo das Promotorias da Fazenda Pública; f) Conselho Regional de Medicina; g) Conselho Regional de Enfermagem; h) Conselho Regional de Fisioterapia; i) Sindicato dos Médicos; j) Sindicato de Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem; l ) Diretor Geral da MDER”, determinou o representante do Ministério Público do Piauí.

Outro lado

O Viagora procurou a Sesapi para falar sobre o assunto. A ascom informou que dois representantes participaram da audiência e que posteriormente será emitido o reultado.

Mais na Web