Piauí

Promotor investiga Israel Odilio por transporte escolar irregular

O Ministério Público do Piauí instaurou um inquérito civil para apurar irregularidades no transporte escolar do Município de Campo Alegre do Fidalgo.
28/03/2019 06h20 - atualizado

O Ministério Público do Piauí, através do promotor de Justiça Jorge Luiz da Costa Pessoa, instaurou um inquérito civil contra o prefeito Israel Odilio da Mata para investigar irregularidades no transporte escolar do município de Campo Alegre do Fidalgo.

De acordo com a portaria Nº 124/2019, o MPPI considerou o requerimento do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do município denunciando que o transporte escolar da cidade apresenta ilegalidades, entre elas, ausência de documentação ou documentação atrasada, ausência de manutenção, carros abertos para condução de alunos, ônibus com portas e janelas quebradas.

  • Foto: Divulgação/FacebbokPrefeito Israel OdílioPrefeito Israel Odílio

O órgão ministerial ressaltou as declarações prestadas pelos pais de alunos, mencionando que seus filhos estariam sendo transportados por carro aberto da localidade "Assentamento Chapada do Papagaio" para a zona urbana de Campo Alegre do Fidalgo, colocando-os em risco.

Segundo a portaria, o MPPI vai apurar também atos de improbidade administrativa dos responsáveis.

“Expeça-se recomendação ao Município de Campo Alegre do Fidalgo para que o transporte escolar venha se adequar aos ditames do estabelecido no Código de Trânsito Brasileiro (arts. 136 a 139); oficie-se ao Município de Campo Alegre do Fidalgo para, no prazo de 15 (quinze) dias, apresente cópia do procedimento licitatório que redundou na contratação do transporte escolar; cópia das CRLV's dos veículos utilizados; cópia das habilitações dos motoristas que realizam o transporte escolar; cópia das últimas revisões ou vistorias realizadas nos veículos”, determinou o representante do Ministério Público.

Outro Lado

O Viagora  procurou o prefeito para falar sobre o assunto, mas até o fechamento da matéria ele não foi localizado.

Mais na Web