Política

Promotor investiga prefeito de São José do Peixe após denúncia

O procedimento foi instaurado pelo promotor de Justiça José de Arimatéa Dourado Leão em face do Município.
22/10/2021 06h35 - atualizado

O promotor de Justiça José de Arimatéa Dourado Leão instaurou inquérito civil para averiguar a ocorrência de supostas irregularidades administrativas no âmbito da prefeitura de São José do Peixe, administrada pelo prefeito Celso Antônio Mendes Coibra, mais conhecido como Dr. Celso Antônio.

Segundo portaria do Diário do Ministério Público dessa quarta-feira 20 de outubro, o órgão considerou a Notícia de Fato nº 1590-100/2021, instaurada sobre denúncia apresentada pelo vereador do município Odir da Silva Sousa, em face do município de São José do Peixe.

De acordo com o órgão ministerial, a denúncia elenca várias irregularidades supostamente praticadas pela administração do referido município.

“Irregularidade na contratação dos vigilantes e recebimento de salário inferior ao mínimo legal; Nepotismo; Contratação irregular de enfermeiros, dentistas e médicos Irregularidade na nomeação da Secretária de Saúde; Irregularidade na contratação de posto de combustível; Ausência de entrega da merenda escolar; Irregularidade na contratação de fornecimento de Gás de Cozinha; Desativação de ponto eletrônico”, diz um trecho da portaria.

O promotor determinou a conversão da notícia de fato em inquérito civil público para apurar as supostas irregularidades administrativas denunciadas pelo vereador, “bem como a tomada das providências legais cabíveis no caso de comprovação de violação dos princípios constitucionais da administração pública”, disse o representante do MPPI.

O Ministério Público informou também que o prazo para a conclusão deste Inquérito Civil Público é de um ano, podendo ser prorrogado sucessivamente pelo mesmo período, desde que haja decisão fundamentada.

Outro lado

O Viagora procurou o gestor para falar sobre o assunto, mas até o fechamento da matéria o prefeito não foi localizado. O espaço permanece aberto para esclarecimentos.

Mais na Web