Política

Quase 100 candidatos renunciaram à disputa das eleições municipais no PI

Até o final de manhã, desta quinta-feira (2), o Tribunal Superior Eleitoral registrou 95 pedidos de renúncia à disputa de cargos eleitorais nos municípios piaui
    02/08/2012 18h23

    Até o final da manhã desta quinta-feira (2), o Tribunal Superior Eleitoral registrou 95 pedidos de renúncia à disputa de cargos eleitorais nos municípios do Piauí. A solicitação foi realizada antes mesmo de um juiz federal analisar o registro de candidatura. Desse total , quatros concorreriam ao cargo de prefeito municipal.

    Além das renúncias, o Tribunal contabilizou 237 pedidos de candidaturas indeferidas no Estado. O candidato tem o processo indeferido quando ele não reuni as condições necessárias ao registro, tais como: quando possuem alguma pendência com a Justiça Eleitoral, se enquadra na Lei da Ficha Limpa ou é considerado condenador por infidelidade partidária.

    Do total de indeferidos, 209 disputam o cargo de vereador nas câmaras de vários municípios piauienses, doze são candidatos a prefeito e 16 são candidatos a vice.Esses números podem mudar, pois a todo momento a página do TSE na internet é atualizada com novos dados.

    As estatísticas podem mudar também porque 30 candidatos, sendo 27 vereadores e 3 prefeitos, que tiveram o processos indeferidos, já recorreram da decisão junto ao Tribunal Regional Eleitoral.

    No pleito eleitoral deste ano 10.339 candidatos disputam uma cadeira de vereadore, prefeito e vice-prefeito no Piauí. Sendo 548 são candidatos a prefeitos, 547 candidatos a vice, já que um faleceu.

    Gilberto Nunes de Araújo Júnior, candidato a vice pelo PDT (Partido Democrático Trabalhista) morreu em um acidente na cidade de Dirceu Arcoverde, e foi substituído por Marcones Ribeiro Galvão, também da mesma sigla. Para o posto de vereador concorrem 9.244 candidatos.

    Mais na Web