Política

“Rafael é o pré-candidato defendido pelo PT”, diz João de Deus

De acordo com o parlamentar, Rafael Fonteles é o nome que melhor representa o modelo de gestão defendido pelo PT para o Piauí.
05/07/2021 06h23 - atualizado

Ao Viagora, o deputado João de Deus (PT) falou sobre a possibilidade do nome do secretário estadual da Fazenda, Rafael Fonteles, ser o pré-candidato do Partido dos Trabalhadores para a sucessão do governador Wellington Dias (PT) nas eleições do próximo ano. Na opinião do petista, Rafael tem um diferencial.

De acordo com o parlamentar, o PT defende um projeto de governo que busca, entre outros fatores, a melhoria de salários, geração de emprego e renda, destacando que hoje Rafael Fonteles é nome que melhor representa esse modelo de gestão.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraDeputado João de DeusDeputado João de Deus (PT)

“É importante a gente pensar em um projeto de sociedade, e o Rafael hoje representa um projeto de sociedade defendido pelo Partido dos Trabalhadores, que é um projeto que defende distribuição de renda, melhoria do salário mínimo, regras de contratação de pessoas para que essas pessoas tenham seus direitos mínimos garantidos, investimento de infraestrutura, geração de emprego e renda; esse é o nosso projeto que nós focamos e que deu certo durante o governo Lula e Dilma”, comenta o deputado.

Para João de Deus, o secretário da Fazenda tem um histórico de inteligência e seriedade que o qualifica para ser o próximo governador do Piauí, ressaltando ser esse o seu diferencial.

“O Rafael é o pré-candidato defendido pelo PT por várias razões. Primeiro porque ele tem alinhamento com esse pensamento, segundo porque ele é uma pessoa que se destaca à frente do serviço público. Ele hoje é o coordenador nacional dos secretários da Fazenda do Brasil inteiro, já pela segunda vez, o que mostra que ele tem um diferencial, e é uma pessoa muito inteligente, tem um histórico muito bonito de seriedade, de inteligência, de criatividade”, pontua o deputado.

Mais na Web