Piauí

Rede Feminina será uma das instituições beneficiadas pelo McDia Feliz

O McDia Feliz, uma das principais campanhas de arrecadação do país em prol de crianças e adolescentes.
30/08/2021 14h00

A campanha McDia Feliz, que conta com renda revertida para apoiar projetos do Piauí, neste ano beneficiará 67 projetos de 56 instituições que atuam na oncologia pediátrica no Brasil, contemplando 19 estados mais o Distrito Federal.

O McDia Feliz, uma das principais campanhas de arrecadação do país em prol de crianças e adolescentes, já tem sua próxima edição confirmada para 23 de outubro, e a Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí (RFCC-PI), em Teresina-PI, é uma das instituições apoiadas pela campanha, que chega em sua 33ª edição.

Com o McDia Feliz, a RFCC-PI, que desde 1987 atua para aumentar as chances de cura de crianças e adolescentes no Piauí, será beneficiada com a venda dos tíquetes antecipados do Big Mac.

Para 2021, a organização, que faz parte da rede parceira do Instituto Ronald McDonald, aprovou a realização do projeto Data Manager e do projeto de Capacitação em Diagnóstico Precoce do Câncer Infantojuvenil, no qual o primeiro tem como objetivo coletar, verificar e organizar um conjunto de dados relativos a pacientes oncológicos infantojuvenis, para que estejam disponíveis para análises e possam ser inseridos nos Protocolos Clínicos da Sociedade brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE).

E o segundo projeto busca capacitar médicos, estudantes de medicina e enfermeiros do Piauí, sobre a importância do diagnóstico precoce e assertivo do câncer infantojuvenil, como forma de aumentar as chances de cura dos pacientes.

A presidente da RFCC-PI, Carmen Campelo, ressalta a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil.

“Nós temos percebido um padrão: as crianças e adolescentes que são diagnosticados com câncer já chegam, muitos deles, em um estágio avançado da doença, o que dificulta as chances de cura. E mesmo que haja a cura, que é o nosso maior desejo, o paciente passa por muitos tratamentos agressivos, que gera consequências emocionais e físicas para os pacientes e suas famílias. Por isso nós vamos focar no aspecto do diagnóstico precoce, porque ele é muito importante e salva vidas, pois proporciona uma média de 80% de cura”, destacou.

De acordo com a diretora Executiva do Instituto Ronald McDonald, Bianca Provedel, o McDia Feliz 2021 seguirá uma série de medidas que priorizaram a saúde e segurança dos clientes, funcionários e parceiros da rede, respeitando todos os protocolos estabelecidos pelos órgãos de saúde e pelo programa McProtegidos.

Segundo a diretora, com o atual cenário da pandemia, esse dado se torna ainda mais alarmante, visto que os pequenos pacientes em tratamento oncológicos estão no grupo de risco da Covid-19.

“O câncer infantojuvenil é a doença que mais mata crianças de 1 a 19 anos, com o surgimento de um novo caso cada hora Brasil (dados do Inca). Somado ao atual cenário da pandemia, esse dado se torna ainda mais alarmante, visto que os pequenos pacientes em tratamento oncológicos estão no grupo de risco da Covid-19, e não podem interromper o tratamento. Por isso, mais do que nunca, precisamos da união de solidariedade de todos para que possamos mudar a realidade dessas famílias”, pontuou.

Vouchers

A campanha faz parte da estratégia de atuação ESG da Arcos Dorados, Receita do Futuro. Os vouchers podem ser adquiridos no https://www.mcdiafeliz.org.br/comprar/55/0/1/ ou no dia 23 de outubro, diretamente no balcão dos restaurantes do McDonald’s de Teresina. Neste ano, o tíquete antecipado será comercializado no valor de R$ 17,00.

McDia Feliz

O McDia Feliz é o principal evento beneficente do McDonald's e, atualmente, é uma das maiores mobilizações em prol de crianças e adolescentes no Brasil.

A campanha é realizada no país desde 1988, gerando recursos para as instituições apoiadas pelo Instituto Ronald McDonald, que atuam para proporcionar mais saúde e qualidade de vida a crianças e adolescentes com câncer.

Em 2018, o projeto ampliou seu impacto para beneficiar outra causa de grande importância para o país, a Educação, contribuindo para as ações do Instituto Ayrton Senna. Desde sua primeira edição, mais de R$ 300 milhões já foram arrecadados pelo McDia Feliz.

Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí

A Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí (RFCC-PI) é uma entidade filantrópica que atua há mais de 30 anos na luta social no combate ao câncer. Mantida por doações, o trabalho é realizado por um grupo de voluntárias que desenvolvem ações em prol do bem-estar dos pacientes oncológicos em situação de vulnerabilidade social.

Com o intuito de reduzir as taxas de abandono no tratamento do câncer infantojuvenil, a RFCC-PI mantém há 21 anos a Casa de Apoio à Criança com Câncer – Lar de Maria, que acolhe crianças e adolescentes, sempre acompanhadas por um responsável, provenientes do interior do Piauí e de outros estados, durante o tratamento oncológico em Teresina.

O Lar de Maria oferece hospedagem, alimentação, material de higiene pessoal, roupas, calçados, brinquedos, cestas de alimentos, auxílio para aquisição de medicamentos, viabiliza o transporte dos pacientes por meio da compra de passagens, atividades socioeducativas e de lazer. Saiba mais sobre a RFCC-PI em https://www.redefemininapi.org.br/.

Instituto Ronald McDonald

Organização sem fins lucrativos, o Instituto Ronald McDonald (IRM) há mais de 22 anos atua para promover a saúde e bem-estar de crianças e adolescentes, aumentando as chances de cura do câncer infantojuvenil.

Para atingir esse objetivo, o Instituto Ronald McDonald trabalha promovendo programas ligados a capacitação de profissionais e estudantes de saúde ao diagnóstico precoce, estruturação de hospitais especializados, a hospedagem para famílias que residem longe dos hospitais, e projetos que visem a disseminação de conhecimento sobre a causa.

A ONG faz parte do sistema beneficente global Ronald McDonald House Charities (RMHC), presente em mais de 60 países, coordenando os programas globais: Casa Ronald McDonald, voltado para a hospedagem, transporte e alimentação dos pacientes; e o Programa Espaço da Família Ronald McDonald, que torna menos desgastante o dia a dia das famílias durante o tratamento. No Brasil, há ainda outros dois programas locais: Atenção Integral e Diagnóstico Precoce, com ações específicas de combate ao câncer infantojuvenil.

O Instituto conta com o apoio de diversas empresas e pessoas físicas para desenvolver e manter seus programas. Saiba mais sobre os programas e as instituições beneficiadas em www.institutoronald.org.br.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web