Piauí

Retirada de feirantes de praça gera confusão em Campo Maior

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, durante a ação não houve agressão física e que os ambulantes do local foram notificados anteriormente.
25/05/2021 17h25 - atualizado

Uma discussão entre um agente da Superintendência de Trânsito (Strans) de Campo de Maior e um ambulante gerou repercussão nas redes sociais, após o feirante afirmar que os vendedores foram retirados à força da praça Bona Primo na manhã desta terça-feira (25).

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra os fiscais retirando alguns ambulantes que realizam a venda de frutas no entorno da praça, quando em um determinado momento um dos funcionários da Strans reage ao perceber que está sendo filmado por um homem, dando início a uma discussão.

“Campo Maior, terra que ninguém pode ganhar dinheiro honestamente. Fiscalização aí, a galera só vendendo fruta”, diz o homem que registrou as imagens.

Em um outro vídeo que também circula nas redes sociais, uma mulher comenta que o agente da Strans começou a discussão. “O rapaz aqui da Strans brigando com o menino, que o menino tava aqui filmando que tão querendo tirar a gente daqui”, diz a mulher.

Outro lado

Procurada pelo Viagora, a Prefeitura de Campo Maior através da assessoria, confirmou que durante a ação ocorreu uma discussão, mas que não houve agressão física, e destaca que o agente de trânsito registrou um boletim de ocorrência alegando agressões verbais por parte do ambulante.

Conforme a prefeitura, os vendedores não foram retirados à força e explica que antes da ação realizada nesta manhã eles haviam sido notificados, mas não respeitaram o período que foi dado para deixarem o local. Ainda segundo a Prefeitura de Campo Maior, os permissionários do Mercado Central se sentiram prejudicados com a chegada de ambulantes vindo de São Raimundo Nonato e do Ceará que ocuparam diversos pontos da cidade sem autorização.

“A Praça Bona Primo vai ser reformada agora essa semana e para que isso aconteça é preciso que os feirantes e ambulantes saiam dela para se iniciar esse trabalho. Todos foram notificados, desrespeitaram o período e foi pedido o remanejamento”, explica a prefeitura.

Confira o vídeo:

Mais na Web