Polícia

Sargento da PM é assassinado a tiros na zona Sul de Teresina

Segundo a polícia, o crime aconteceu na noite dessa terça-feira (4), no bairro Porto Alegre. Marcos Roberto morreu no local.
05/08/2020 08h00 - atualizado

Na noite dessa terça-feira (4), o sargento da Polícia Militar, Marcos Roberto Freitas, de 49 anos, morreu após ser baleado durante um assalto no bairro Porto Alegre na zona Sul de Teresina

Segundo informações da polícia, o militar, realizava uma entrega na casa de um parente quando foi surpreendido pela chegada dos dois suspeitos em uma moto. 

  • Foto: DivulgaçãoSargento Marcos RobertoSargento Marcos Roberto

Ainda de acordo com a polícia, os criminosos tentaram pegar a arma do policial, que em seguida teria reagido atirando. No tiroteio o sargento foi atingido por disparos e morreu ainda no local.

Segundo a polícia, um dos suspeitos chegou a ser atingido, mas conseguiu fugir do local.

O Departamento de Homícidio e Proteção a Pessoa (DHPP), irá investigar o caso.

"É com imenso pesar que a Polícia Militar do Piauí vem a público informar o falecimento do 3º Sargento Marcos Roberto Freitas, 49 anos, covardemente assassinado vítima da ação de assaltantes que o emboscaram e cometeram o latrocínio, na noite desta terça-feira (04), no Bairro Porto Alegre, Zona Sul de Teresina. O militar recém-promovido ingressou na Instituição no ano de 1991, encontrava-se na ativa e trabalhava na Companhia de Presídios pertencente ao Batalhão de Guardas prestando excelente serviço a Corporação e em defesa da sociedade piauiense", diz um trecho da nota de pesar emitida pela Polícia Militar.

Confira a nota na íntegra: 

É com imenso pesar que a Polícia Militar do Piauí vem a público informar o falecimento do 3º Sargento Marcos Roberto Freitas, 49 anos, covardemente assassinado vítima da ação de assaltantes que o emboscaram e cometeram o latrocínio, na noite desta terça-feira (04), no Bairro Porto Alegre, Zona Sul de Teresina. 

O militar recém-promovido ingressou na Instituição no ano de 1991, encontrava-se na ativa e trabalhava na Companhia de Presídios pertencente ao Batalhão de Guardas prestando excelente serviço a Corporação e em defesa da sociedade piauiense. 

O Centro de Assistência Integral à Saúde-CAIS, da Polícia Militar do Piauí, está oferecendo todas as orientações e suporte á família enlutada. O Comando Geral da PMPI e a família policial militar presta os sentimentos aos familiares e amigos e se solidarizam pela perda prematura do companheiro, rogando a Deus que o tenha em um bom lugar e venha em conforto dos corações.

O corpo será velado na Igreja São Sebastião na Av. São Raimundo, bairro Cristo Rei e o sepultamento ocorrerá às 14h da quarta-feira  (05), no Cemitério São José.

Mais na Web