Geral

"Se depender de mim, ele mofa na cadeia", diz Bolsonaro sobre Adélio

O presidenciável relatou que não perdoa seu agressor e quer que a pena dele seja ampliada.
  • DA REDAÇÃO
10/10/2018 11h20 - atualizado

O presidenciável Jair Bolsonaro declarou em entrevista ao site Uol, à rádio Jovem Pan e ao programa Pânico nessa terça-feira (09) que não perdoa seu agressor Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada desferida contra o candidato no dia 06 de setembro em um evento ocorrido em Minas Gerais.

  • Foto: Divulgação / Partido Social LiberalJair BolsonaroJair Bolsonaro

“Eu não perdoo ele não. Se depender de mim, ele mofa na cadeia”, disse Bolsonaro. O presidenciável relatou ainda que conseguiu ficar vivo por um milagre e que em seu governo vai extinguir a “história de ficar com pena de encarcerado”, divulgou matéria da Agência Brasil.

“Bandido tem que apodrecer na cadeia. Se cadeia é ruim é só não fazer a besteira que não vai para lá [...]. Quem está lá fez por merecer”, relatou em matéria produzida pela Agência Brasil.

Para Bolsonaro a pena do seu agressor deve ser ampliada, já que Adélio Bispo não pode ser condenado por prisão perpétua. O presidenciável disse que o preso tem que ficar pelo menos 30 anos na cadeia, pois planejou atacá-lo e tinha consciência do que estava fazendo. “Essa facada aí me deu uma energia muito forte”.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web