Política

“Se o vice couber ao MDB, será Themístocles”, diz Marcelo Castro

Na tarde desta sexta-feira (30), o senador falou sobre a possibilidade do presidente da Alepi ser o vice na chapa com o PT nas eleição de 2022 no Piauí.
30/04/2021 17h31 - atualizado

Na tarde desta sexta-feira (30), em entrevista ao Viagora, o senador Marcelo Castro (MDB) disse que descarta a possibilidade de ser o vice na chapa com o PT nas eleições do próximo ano e que o nome indicado para a vaga poderá ser o do deputado Themístocles Filho (MDB).

Questionado sobre a possibilidade de ser o candidato indicado pelo MDB para compor a chapa na disputa pelo Palácio de Karnak, o senador disse que não há chances dele ser o candidato, e que caso a sigla indique um nome para a formação da chapa seria o do presidente da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

“Não, sem a menor possibilidade. Se o vice couber ao MDB, muito provavelmente o vice será o deputado Themístocles Filho”, afirmou o senador.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraSenador Marcelo CastroSenador Marcelo Castro (MDB)

Já em relação a possibilidade do secretário de Estado da Fazenda (Sefaz), Rafael Fonteles, ser o nome indicado pelo governador Wellington Dias para concorrer ao Governo do Piauí em 2022, Marcelo comenta que é um excelente nome e que se tudo ocorrer dentro do esperado, ele será o candidato sem dificuldades.

“Rafael é um excelente secretário, um jovem muito inteligente, muito preparado, com um currículo que o credencia muito, e é o nome que está posto. Ele está fazendo os trabalhos, junto com o governador Wellington Dias e toda a equipe, para que ele seja o candidato a governador do nosso grupo político. Se as coisas acontecerem dentro do espero acredito que ele será, sem maior dificuldade, o nosso candidato”, comenta Marcelo Castro.

Mais na Web