Piauí

Secretário Rafael Fonteles é reeleito presidente do Comsefaz

A reeleição do secretário Rafael foi realizada nesta manhã por meio de uma reunião de forma virtual do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal.
30/03/2021 14h34 - atualizado

Nesta terça-feira (30), o secretário da Fazendo Piauí, Rafael Fonteles, foi reeleito como presidente do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz) por unanimidade.

De acordo com informações do Governo do Piauí, a reeleição do secretário de Fazenda foi realizada nesta manhã por meio de uma reunião de forma virtual do Comsefaz. O comitê, que tem sede em Brasília, tem como objetivo integrar os secretários estaduais da Fazenda e realizar a articulação dos estados com o Governo Federal e os poderes Legislativo e Judiciário, atuando na defesa dos interesses das Fazendas Estaduais e do fortalecimento da gestão fiscal, financeira e tributária.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíSecretário da Sefaz, Rafael FontelesSecretário da Sefaz, Rafael Fonteles

“O nosso compromisso é continuar atuando, de maneira firme, na defesa dos interesses das finanças estaduais, reforçando o papel institucional do Comsefaz, respeitando as diferentes realidades dos estados e buscando a convergência nos temas debatidos”, afirmou o secretário.

Na oportunidade, o presidente reeleito do Comsefaz destacou a união dos secretários na discussão de temas importantes para os estados, citando como exemplo a pauta da Reforma Tributária, Reforma Administrativa, Pacto Federativo, assim como a participação decisiva do comitê.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíReunião virtual do ComsefazReunião virtual do Comsefaz

“Por fim, o intercâmbio de informações e práticas entre os Estados, o diálogo com a União e os Poderes Legislativo e Judiciário também melhoraram bastante nesses últimos anos. E isso tem muito a ver com a formalização do Comsefaz e com a participação mais ativa e unida do conjunto de secretários”, complementou Rafael Fonteles.

Mais na Web