Piauí

Seduc firma contrato com FADEX para reforma de 400 escolas no Piauí

O projeto de pesquisa envolve a Fadex, professores pesquisadores da UFPI e uma equipe técnica selecionada através de edital.
06/01/2021 15h18 - atualizado

Com o objetivo de realizar a reforma de mais de 400 escolas no Piauí, como parte do Projeto de Pesquisa "Diagnóstico Estrutural de Escolas da Rede Pública do Estado do Piauí", a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), firmou um contrato com a Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação (Fadex).

Durante visita nas instalações da Fadex em 17 de dezembro, o superintendente da fundação, o professor Dr. Samuel Nascimento, apresentou ao secretário de Educação, Ellen Gera, e a equipe da Seduc, alguns técnicos envolvidos no projeto.

“É um projeto de pesquisa e inovação na área de gestão pública, que vai realizar o diagnóstico estrutural da rede estadual e desenvolver um modelo célere de contratação de obras de reforma e manutenção a longo prazo dos prédios escolares, baseado no uso da metodologia Building Information Modeling- BIM”, afirmou Samuel Nascimento.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíSeduc firma contrato com a Fadex para reformar de mais de 400 escolasSeduc firma contrato com a Fadex para reformar de mais de 400 escolas

Segundo o secretário, a parceria com a Fadex irá colocar em prática o "Diagnóstico Estrutural de Escolas da Rede Pública do Estado do Piauí" em mais de 400 unidades escolar por meio de um projeto de pesquisa envolvendo professores da Universidade Federal do Piauí (UFPI), a Fadex administrando e gerindo os recursos, e uma equipe técnica.

“Esperamos com esse contrato oferecer para a sociedade um caminho de parceria do Estado com a universidade, para sempre encontrarmos soluções eficientes, que atendam de forma plena o interesse público com o melhor possível de técnica, planejamento e de ciência disponível”, disse o superintendente.

A diretora executiva da Fadex, Adriana Melo, destaca que a fundação de apoio reconhece a amplitude do projeto, tendo em vista o grande impacto social que irá promover no estado com todas essas unidades escolares com projetos de reforma elaborados, possibilitando um ambiente escolar melhor para inúmeros estudantes da rede pública estadual de ensino.

“Uma equipe de inspetores prediais, contratados através de edital de seleção, realizarão visitas nessas unidades escolares mapeadas e identificadas pelo Estado, diagnosticando a situação predial atual de cada uma. De posse desses dados, serão elaborados projetos de reforma e repassados para SEDUC para fins de licitação”, explicou Adriana Melo.

Mais na Web