Piauí

Semar embarga áreas de desmatamento e três são presos em Parnaguá

No momento da operação, 14 pessoas estavam desmatando e extraindo madeira sem autorização do órgão ambiental.
  • DA REDAÇÃO
29/05/2019 14h00 - atualizado

Após denúncia de desmatamento e extração ilegal de madeira, fiscais ambientais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), com apoio da Polícia Militar, prendem três pessoas por porte ilegal de arma de fogo e crime ambiental na região do município de Parnaguá.

De acordo com a Semar, nas duas áreas embargadas, uma de 76 hectares e outra de 240 hectares, foram apreendidas três espingardas, quatro motosserras e dois tratores de esteira usados na supressão de vegetação.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíOperação contra desmatamentoOperação contra desmatamento

No momento da operação, 14 pessoas estavam desmatando e extraindo madeira sem autorização do órgão ambiental. A madeira tinha como destino a comercialização clandestina em cidades da região. 

A Semar informou que três pessoas foram conduzidas à delegacia em Corrente e permanecem à disposição da Justiça.

Segundo o gerente de fiscalização da Semar, Renato Nogueira, as áreas eram de domínio público do Estado do Piauí e foram lavrados quatros autos de infração com aplicação das sanções correspondentes, totalizando R$ 186 mil em multas.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web